Vitaminas: qual a importância delas para o nosso organismo?

Vitaminas: qual a importância delas para o nosso organismo?

Vitaminas são substâncias orgânicas que o nosso organismo não produz e são extremamente importantes para o bom funcionamento dele. Elas funcionam principalmente como catalisadores para reações dentro do organismo. Por isso, precisam fazer parte da dieta alimentar. 

Existem dois grupos de vitaminas: as lipossolúveis e as hidrossolúveis.

Vitaminas A, D, E e K são as lipossolúveis, que são solúveis em lipídeos (gorduras). Podem ser encontradas nas gorduras no leite, queijo, gema de ovo, carne e fígado. Essas vitaminas ficam armazenadas em nosso tecido adiposo, e por isso não é necessário o seu consumo diário.

Vitamina C e as vitaminas do complexo B (B1, B2, B6, B12, niacina, ácido fólico, biotina e ácido pantotênico) são hidrossolúveis, ou seja, solúveis em água. Elas são encontradas nos vegetais, sendo a vitamina B12 praticamente exclusiva de alimentos de origem animal. Como são solúveis em água, o nosso organismo elimina o excesso dessas vitaminas pela urina e, por esse motivo, elas devem ser ingeridas com maior frequência.

A seguir, você pode conferir quais são as principais vitaminas hidrossolúveis, a consequência da falta delas no organismo e onde elas podem ser encontradas:

VITAMINA B1 (tiamina):

Benefícios: ela ajuda na oxidação dos carboidratos, na melhora do apetite e faz manter o tônus muscular e o bom funcionamento do sistema nervoso.

O déficit desta vitamina: causa o beribéri, que causa a inflamação nos nervos, paralisia e atrofia dos músculos, além da falta de apetite, fadiga muscular e nervosismo.

Onde encontrar: em grãos, cereais integrais, feijão, fígado, gema de ovo, pinhão.

VITAMINA B2 (riboflavina):

Benefícios: fundamental para a respiração celular; ela atua na coordenação motora e mantém saudável a cor da pele

O déficit desta vitamina: provoca lesões no sistema nervoso, rompimento da mucosa da boca, lábios, língua e bochechas.

Onde encontrar: vegetais como couve, repolho e espinafre, carnes magras, ovos, fígado, leite e cereais integrais.

VITAMINA B3 (niacina ou ácido nicotínico):

Benefícios: mantém o tônus muscular e nervoso e o bom funcionamento do sistema digestório.

O déficit desta vitamina: causa diarreia, fraqueza, lesões na pele e no sistema nervoso, desordens mentais e pelagra. 

Onde encontrar: levedo de cerveja, peixe, feijão, ovos, fígado, leite, carnes magras, café, amendoim, pinhão e cereais integrais.

VITAMINA B5 (ácido pantotênico):

Benefícios: participa de processos energéticos das células.

O déficit desta vitamina: Sua falta provoca fadiga, anemia e dormência nos membros. 

Onde encontrar: carne, leite e derivados, verduras e cereais integrais.

VITAMINA B6 (piridoxina):

Benefícios: mantém a pele saudável e auxilia na oxidação dos alimentos. 

O déficit desta vitamina: provoca doenças da pele, distúrbios nervosos e apatia. 

Onde encontrar: levedo de cerveja, fígado, carnes magras, leite e cereais integrais.

VITAMINA B8 (biotina): 

Benefícios: essa vitamina atua como coenzima em processos energéticos das células, na produção de ácidos graxos e bases nitrogenadas púricas. O déficit desta vitamina: provoca distúrbios neuromusculares e inflamações na pele.

Onde encontrar: carnes, legumes e verduras.

VITAMINA B9 (ácido fólico):

Benefícios:  extremamente importante na síntese de bases nitrogenadas, renovação das células do corpo e síntese de DNA. É recomendada por médico nos primeiros meses de gravidez. 

O déficit desta vitamina: anemia e esterilidade masculina. Na gravidez, a falta dessa vitamina pode causar má-formação no tubo neural do feto. 

Onde encontrar: vegetais verdes, feijão, fígado, frutas e cereais integrais.

VITAMINA B12 (cianocobalamina):

Benefícios: importante para o amadurecimento das hemácias e na síntese dos nucleotídeos. 

O déficit desta vitamina: anemia perniciosa e distúrbios nervosos.

Onde encontrar: carne, ovos, leite e derivados e frutos do mar.

VITAMINA C (ácido ascórbico): 

Benefícios: mantém a integridade dos vasos sanguíneos e a saúde dos dentes e é importante na manutenção dos tecidos conjuntivos.

O déficit desta vitamina: fadiga, sangramento na pele e gengiva, dores nas juntas, escorbuto.

Onde encontrar: frutas cítricas, tomate, couve, repolho, pimentão.

Agora, confira quais são as principais vitaminas lipossolúveis, a consequência da falta delas no organismo e onde elas podem ser encontradas:

VITAMINA A (retinol): é chamada de retinol porque compõe uma substância presente na retina. 

Benefícios: importante na manutenção dos tecidos epiteliais.

O déficit desta vitamina: pele áspera e seca, cegueira noturna e xeroftalmia, que pode levar à cegueira permanente.

Onde encontrar: vegetais amarelos ou alaranjados, verduras com folhas verde-escuras, pêssego, nectarina, abricó, gema de ovo, manteiga e fígado.

VITAMINA D (calciferol): 

Benefícios: auxilia na absorção de nutrientes pelo intestino e no depósito de sais de cálcio e fósforo nos ossos. 

O déficit desta vitamina: ocasiona raquitismo e problemas nos dentes. 

Onde encontrar: carnes, peixes e frutos do mar, como salmão, sardinha e mariscos, e alimentos como ovo, leite, fígado, queijos e cogumelos. Além dos alimentos, a principal fonte desta vitamina é a sua produção na pele a partir da exposição dos raios do sol, sendo importante tomar banho de sol diariamente, durante cerca de 15 minutos.

VITAMINA E (tocoferol): 

Benefícios: previne o aborto, atua no sistema nervoso involuntário, sistema muscular e nos músculos involuntários. 

O déficit desta vitamina: esterilidade masculina, aborto, lesões nos glóbulos vermelhos, anemia, lesões musculares e nervosas.

Onde encontrar: carnes magras, alface, laticínios, óleo de amendoim, gema de ovo, hortaliças com folhas verdes.

VITAMINA K (filoquinona):

Benefícios:  participa da coagulação sanguínea.

O déficit desta vitamina: pode dificultar o estancamento de hemorragias.

Onde encontrar:  vegetais verdes, tomate, batata, gema de ovo, óleo de soja, fígado, leite.

Não existe nenhum alimento que contenha todas as vitaminas na quantidade adequada, por isso é importante ter uma alimentação rica e variada. Lembre-se que no processo de industrialização e até no cozimento, os alimentos perdem muitas vitaminas. Então, é muito importante comer vegetais frescos crus ou cozidos com pouca água pelo menor tempo possível, para que a perda das vitaminas não seja tão significativa.

origem

https://www.beltnutrition.com.br/blog/vitaminas-qual-a-importancia-delas-para-o-nosso-organismo/

25/09/2017

Leave a Reply